Inteligência de mercado e big data na análise cadastral para locação

Vivemos em um mundo de avanços tecnológicos constantes. A tendência é que consigamos fazer cada vez mais coisas com uma quantidade menor de esforço. Sim, vamos delegar aos computadores e máquinas a parte mais difícil do trabalho e gerenciar os resultados. Isso inclui o mercado imobiliário, em especial, a análise cadastral para locação de imóveis. A partir de inteligência de mercado e big data, o processo está cada vez mais ágil e fácil de ser realizado.

O que é big data?

Podemos chamar de big data um conjunto de técnicas capazes de analisar grandes quantidades de dados e gerar resultados que, em menores volumes, não seria possível. 

Não é simplesmente o volume de dados que define o big data. O conceito é composto de um pilar de 3 itens: velocidade, volume e variedade.

Velocidade

Essa é a taxa mais rápida em que os dados são recebidos e, possivelmente, administrados por um computador. A velocidade mais alta é transmitida diretamente para a memória da máquina ao invés de ser gravada em disco. Produtos inteligentes que utilizam a internet operam em tempo real ou muito próximo disso, exigindo avaliação e ações também em tempo real.

Variedade

Essa variedade se refere aos diversos tipos de dados disponíveis. Existem 3 tipos de dados: dados estruturados, que são organizados em um padrão fixo; os não estruturados, que não seguem uma estrutura rígida; e os semiestruturados, que não são estruturados de uma forma rígida, mas também não são totalmente desestruturados.

Os dados tradicionais eram estruturados e se adequavam perfeitamente a um banco de dados relacional. Com o big data isso mudou. Eles agora vêm em novos tipos de dados não estruturados e semiestruturados, como texto, áudio e vídeo. O que exige um pré-processamento adicional para obter significado e dar suporte de detalhes sobre eles.

Como é feita a análise cadastral para locação?

A análise cadastral checa os dados e documentos dos locatários que irão compor renda no contrato ou fiador, quando for o caso. Além disso, são consideradas eventuais  pendências em nome dos candidatos, além de outros comportamentos que atentem contra a sua idoneidade.

Será preciso também comprovar renda mensal  em um valor que seja ao menos 3 vezes maior que o do aluguel. No caso de não ser compatível, é possível compor renda com outras pessoas.

Como o big data pode ser utilizado na locação de imóveis?

As análises de crédito para aprovação de cadastro na locação exigiam um bom tempo dos colaboradores da imobiliária, pois era preciso conferir muitas informações. Agora, essa análise está disponível por meio de bancos de dados que conseguem reunir todas as informações que antes eram disponíveis para poucos. Com o big data, todas as informações relativas ao candidato à locação é analisada em minutos. Assim, com apenas o CPF, você tem o perfil completo e o histórico do seu cliente, sem necessariamente solicitá-lo que apresente todas estas informações.

Com isso, é possível separar os bons clientes dos ruins em instantes, levando em consideração mais de uma fonte de informação. Lembrando que apresentar apenas uma inadimplência não faz da pessoa uma estelionatária. É preciso um contexto maior e mais fontes, o que o big data proporciona. 

Isso muda totalmente a forma como as imobiliárias trabalham, dando a elas o poder de decidir o que fazer, a partir das informações recebidas. Ela pode exigir um outro fiador, pode exigir garantia locatícia, ou até, nenhuma. Sem que para isso precise submeter os candidatos à uma via-crucis de comprovação de dados.

Como a FC ANALISE Digital utiliza a inteligência de mercado e big data?

Inteligência de mercado e big data são o cerne do nosso negócio. Os resultados oferecidos pela nossa plataforma utilizam diversas fontes de dados. O foco é analisar o histórico da pessoa interessada em alugar um imóvel.

A plataforma analisa uma grande quantidade de dados variados, com velocidade. A partir de uma inteligência única em inadimplência de locação, traça um perfil baseado no valor do imóvel pretendido para saber se o cliente é compatível e viável para esta locação.

Em seguida, ele faz o mapeamento de perfis de maior risco de inadimplência e apresenta um laudo que pode sugerir composição de renda, garantia locatícia ou até nenhuma garantia. A aprovação do cadastro acontece na hora, dando a possibilidade do contrato ser assinado instantaneamente, desde que cumpridos os requisitos básicos definidos pela imobiliária. 

Tudo isso é feito com um único objetivo: facilitar a jornada dos bons inquilinos e empoderar as imobiliárias à proporcionar uma experiência diferenciada aos bons clientes.Que tal saber mais sobre a plataforma FC ANALISE Digital? Acessar agora o nosso site e saiba mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *